Mulher morre com novo vírus da gripe aviária na China

A paciente morreu no dia 30 de dezembro após ter contraído o vírus por contato com aves, possivelmente em um mercado ou em uma fazenda

Pequim – As autoridades de saúde da China confirmaram nesta terça-feira que uma mulher de 26 anos que morreu na semana passada em Shenzhen (sul do país) tinha contraído o vírus H5N6 da gripe aviária, uma cepa da qual por enquanto só foram registrados seis casos, dos quais quatro foram fatais.

A paciente, cujo nome não foi divulgado, morreu no dia 30 de dezembro após ter contraído o vírus por contato com aves, possivelmente em um mercado ou em uma fazenda, segundo especialistas do Centro de Controle e Prevenção de Doenças de Shenzhen, cidade vizinha a Hong Kong.

A agência oficial “Xinhua” também informou de um novo caso na mesma província (Cantão), na cidade de Zhaoqing, onde uma mulher de 40 anos está em estado grave por causa do vírus H5N6 e que foi isolada, como em casos anteriores.

O primeiro caso de H5N6 aconteceu em maio de 2014 na província central chinesa de Sichuan.