Esposa do emir de Dubai, princesa Haya pede proteção no Reino Unido

Haya é uma das esposas do emir de Dubai, Mohamed bin Rashed al Maktum, de 70 anos; casamento forçado estava em pauta

A princesa Haya da Jordânia, 45 anos, esposa do emir de Dubai, pediu à Justiça britânica proteção legal por casamento forçado, durante uma audiência sobre a custódia dos filhos do casal – informou a agência de notícias PA nesta terça-feira (30).

Haya, filha do falecido rei Hussein da Jordânia, é uma das esposas do emir de Dubai, Mohamed bin Rashed al Maktum, de 70 anos.

Seus advogados pediram ao tribunal de Londres uma ordem de restrição contra o emir, bem como a guarda dos filhos do casal.

Veja também

O juiz do caso, Andrew McFarlane, presidente da divisão de assuntos familiares do Supremo Tribunal de Londres, autorizou a imprensa a revelar os pedidos da princesa.

O emir, que também ocupa o cargo de primeiro-ministro dos Emirados Árabes Unidos, pediu, por sua vez, que as crianças retornassem imediatamente a Dubai.

A lei britânica protege contra casamentos forçados que envolvem o uso de “força física, bem como pressões emocionais, ameaças, ou abuso psicológico”.