Moscou tem noite mais fria do inverno com 23 graus negativos

Baixas temperaturas predominaram em todas as regiões perto de Moscou, com mínimas registradas entre 26,2 e 27,8 graus negativos

Moscou – A capital russa registrou a noite mais fria do inverno, com 23 graus abaixo de zero, informou neste domingo o Serviço Meteorológico de Moscou (SMM), que advertiu que as temperaturas poderiam cair ainda mais nas próximas 24 horas, segundo um porta-voz do órgão em entrevista à agência ‘Interfax’.

As baixas temperaturas predominaram em todas as regiões perto de Moscou, com mínimas registradas entre 26,2 e 27,8 graus negativos.

Segundo o SMM, a pressão atmosférica se mantém alta, por isso que não se descarta uma maior queda das temperaturas nas próximas horas.

A onda de frio que percorre todo o país, desde suas fronteiras mais ocidentais até o oceano Pacífico, é a mais prolongada há 75 anos em um mês de dezembro e fez dezenas de vítimas.

As temperaturas mais baixas, inferiores a 50 graus negativos, foram registradas na península de Tchukotka e na região de Magadan, no extremo oriente do país.

As previsões assinalam que em meados da próxima semana acontecerá um brusco aumento da temperatura, para 2 graus negativos, acompanhado de nevadas na parte europeia do país. EFE