Moscou enfrenta pior tempestade de neve já registrada

Em 24 horas, 43 centímetros de neve caíram em Moscou; Mais da metade do que cai em média na cidade em um mês

Uma pessoa morreu e outras cinco ficaram feridas em Moscou na maior tempestade de neve já registrada na capital russa, informaram o prefeito e agências meteorológicas neste domingo.

Em 24 horas, 43 centímetros de neve caíram em Moscou, ou seja, mais da metade do que cai em média na cidade em um mês, de acordo com o Serviço Meteorológico Nacional.

“Uma pessoa morreu após a queda de uma árvore em uma fiação elétrica”, indicou o prefeito de Moscou, Sergei Sobyanin, na rede social russa VKontakte, acrescentando no Twitter que 2 mil quedas de árvores foram registradas devido ao mau tempo.

“De acordo com as informações mais recentes, cinco pessoas ficaram feridas. Tenham cuidado. As previsões meteorológicas indicam que o tempo continuará a piorar”, acrescentou, alertando que são esperadas fortes rajadas de vento.

“Haverá tempestades de neve, pouca visibilidade (…), abundante queda de neve nas estradas”, confirmou o meteorologista Evgueni Tishkovets, citado pela agência pública Ria Novosti.

Cerca de 70 mil agentes da prefeitura foram mobilizados para limpar as estradas. Por causa da tempestade, quase 150 voos foram atrasados ​​e dezenas foram cancelados nos aeroportos da capital.

Além disso, cerca de 60 mil pessoas ficaram sem eletricidade no centro da Rússia, informou o Ministério da Energia.