Moscou diz que não há prova de ação de hackers russos no Catar

De acordo com a CNN, hackers russos foram responsáveis por um ataque cibernético em maio contra a agência oficial de notícias do Catar

O Kremlin negou nesta quarta-feira as acusações americanas de que hackers russos atacaram a agência oficial de notícias do Catar, e afirmou que a presidência russa está “cansada” de reagir a acusações “sem nenhuma prova”.

“Já estamos cansados de reagir a banalidades sem nenhuma prova. Este tipo de acusação desacredita quem as apresenta”, disse Andrei Kruskikh, conselheiro do presidente Vladimir Putin para cibersegurança, citado pela agência russa Interfax.

“Infelizmente (os americanos) não inventaram nada novo e por isto, independente do que aconteça, sempre falam de hackers. É sempre a mesma canção”, completou.

De acordo com a CNN, que cita como fontes investigadores americanos, os hackers russos foram responsáveis por um ataque cibernético em maio contra a agência oficial de notícias do Catar.

O objetivo da Rússia com o ataque seria provocar divisões entre os Estados Unidos e seus aliados, de acordo com as mesmas fontes.