Morrem 26 opositores em confrontos contra regime sírio

Pelo menos 26 combatentes islamitas opositores morreram na noite de ontem em diversos confrontos contra as forças leais ao regime sírio

Cairo – Pelo menos 26 combatentes islamitas opositores morreram na noite de ontem em diversos confrontos contra as forças leais ao regime sírio no norte de Damasco, informou nesta sexta-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Em comunicado, a organização explicou que 17 milicianos morreram em combates contra as tropas governamentais e membros do grupo xiita libanês Hezbollah nos arredores da cidade de Yabrud.

Além disso, segundo a fonte, os rebeldes islamitas executaram um homem sob a acusação de colaboração com as forças armadas.

O Observatório, sediado em Londres e que conta com uma ampla rede de ativistas no território sírio, indicou que o Exército sírio bombardeou hoje os arredores da região de Al Acaba e Yabrud.

No entanto, ainda não há informações sobre as possíveis vítimas desses ataques.

Ontem, a televisão síria apontou que pelo menos 43 combatentes opositores morreram e outros 53 ficaram feridos em confrontos com soldados do Exército sírio em várias regiões do norte de Damasco.

Yabrud está localizada na estratégica região de Al Qalamoun, onde, em meados de novembro, o Exército lançou uma ofensiva para expulsar os rebeldes da região.

Por esta região, situada na fronteira com o Líbano, passa a estrada que liga a capital Damasco com os redutos governistas no litoral mediterrâneo.

Além das mortes registradas em Yabrud, o Observatório indicou que nove insurgentes morreram ontem à noite em combates com soldados sírios e milicianos pró-governo na cidade de Morek e em seus arredores, na província de Al Raqa, no nordeste do país.