Morrem 220 em bombardeio no Iraque, diz chefe de segurança

Segundo chefe do Comitê de Segurança do Conselho da província de Ninawa, comboio no qual viajavam os extremistas era composto por 25 veículos

Mossul (Iraque) – Pelo menos 220 jihadistas morreram na madrugada em um bombardeio de aviões da coalizão internacional contra um comboio do Estado Islâmico (EI) no norte do Iraque, disse à Agência Efe nesta quinta-feira o chefe do Comitê de Segurança do Conselho da província de Ninawa, Mohammed Ibrahim al Bayati.

Segundo Al Bayati, o comboio no qual viajavam os extremistas era composto por 25 veículos, que também carregavam armas e equipamento militar.

Mais informações em instantes.