Morre um ‘capacete azul’ em emboscada em Darfur

Este ataque é o segundo neste mês contra os membros da UNAMID; no último dia 2 de outubro morreram quatro soldados nigerianos

Cartum – Um “capacete azul” morreu nesta quarta-feira e outros três ficaram feridos em uma emboscada armada na região sudanesa de Darfur do Norte por homens armados desconhecidos, informou a missão conjunta da ONU e da União Africana em Darfur (UNAMID).

Em comunicado, a UNAMID explicou que a emboscada aconteceu cerca de dez quilômetros ao norte da área de Hashaba, sem oferecer mais detalhes do ataque nem precisar a nacionalidade das vítimas.

Este ataque é o segundo neste mês contra os membros da UNAMID, depois que no último dia 2 de outubro morressem quatro soldados nigerianos em uma emboscada em Darfur do Oeste.

Desde que a UNAMID se desdobrou na região no início de 2008, pelo menos 43 soldados da missão, composta por nove mil pessoas, morreram em diferentes ataques e acidentes, segundo dados da ONU.

O conflito de Darfur começou em janeiro de 2003, quando dois grupos armados se rebelaram contra o governo de Cartum pela situação de pobreza na qual se encontrava essa região.

Desde então, 300 mil pessoas morreram e pelo menos dois milhões e meio mais se viram obrigadas a abandonar seus lares.