Morre Reinaldo Gargano, ex-chanceler uruguaio

Gargano também era ex-secretário-geral do Partido Socialista

Montevidéu – Reinaldo Gargano, ex-secretário-geral do Partido Socialista e ex-chanceler do Uruguai, morreu nesta terça-feira aos 78 anos de idade de um câncer que sofria há anos e seus restos serão velados amanhã no Parlamento do país.

Gargano foi ministro das Relações Exteriores entre março de 2005 e março de 2008 durante o primeiro Governo da coalizão de esquerda Frente Ampla (2005-2010), atualmente no poder.

Além disso, foi senador em quatro períodos legislativos, secretário-geral do Partido Socialista entre 1985 e 1998, e presidente dessa força política desde 2001.

O presidente do Uruguai, José Mujica, definiu hoje como “perda muito sentida” a morte de Gargano, a quem classificou como “velho lutador social” com o qual compartilhava “muitas coisas”.

Segundo um comunicado divulgado hoje no site da presidência uruguaia, Mujica enviou uma mensagem de condolências à família do ex-chanceler e participará do sepultamento.