Morre militar israelense atingido por foguete palestino

O militar foi identificado pelo exército como Boris Yarmulnik, de 28 anos e natural da cidade de Netânia, ao norte de Tel Aviv

Jerusalém – Um tenente do exército de Israel morreu nesta quinta-feira em consequência dos ferimentos causados por um foguete lançado ontem em Gaza, antes do cessar-fogo, o que eleva agora a seis o número de israelenses mortos por disparos palestinos durante a ofensiva militar conhecida como ”Pilar Defensivo”.

O militar foi identificado pelo exército como Boris Yarmulnik, de 28 anos e natural da cidade de Netânia, ao norte de Tel Aviv.

Yarmulnik foi atingido por um projétil disparado contra o Conselho Regional de Eshkol, perto de Gaza, em um ataque no qual ficaram feridos vários de seus companheiros.

Após oito dias de confrontos, Israel e as milícias de Gaza chegaram ontem a um acordo para o fim das hostilidades, comemorado ferventemente na faixa e recebido com ceticismo e decepção em Israel.

Mais de 160 palestinos – mais da metade civis – morreram na ofensiva. O número aumentou hoje com a descoberta, pelas equipes de resgate, do corpo de uma menina de quatro anos sob os escombros de uma casa bombardeada em Gaza.