Ministros e empresas de China e AL se reúnem em cúpula

A cúpula ocorrerá em Chengdu, na China, onde um terremoto deixou 90 mil mortos em 2008

Pequim – Ministros de finanças, recursos e economia da América Latina, assim como mil representantes de grandes empresas da região e da China, participarão da 4ª Cúpula Empresarial China-América Latina que será realizada em outubro, destacou hoje a organização na apresentação do evento.

A cúpula ocorrerá em Chengdu, capital provincial de Sichuan – zona atingida pelo terremoto que deixou 90 mil mortos em 2008 e na qual a China quer fomentar o investimento estrangeiro -, de 21 a 22 de outubro, destacou Yu Ping, vice-presidente do Conselho Chinês para a Promoção do Comércio Exterior (CCPIT), que patrocina o fórum.

Participarão da cúpula o ministro do Planejamento do Brasil, Paulo Bernardo, o de Energia e Petróleo da Venezuela, o de Economia e Finanças do Panamá (país com o qual a China não tem relações diplomáticas), o de Minas da Bolívia, o de Comércio Exterior da Costa Rica e o de Finanças do Equador.

Também estarão no evento como conferentes o governador do Banco Popular da China, Zhou Xiaochuan, e o presidente do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), Luis Alberto Moreno, duas entidades que também patrocinam a cúpula.

Entre as presenças mais destacadas que participarão da cúpula estão, também, presidentes e altos funcionários da mineradora brasileira Vale, do gigante de telecomunicações chinês Huawei e do grupo midiático mexicano “Televisa”.

Leia mais notícias sobre a China e sobre a América Latina

Siga as notícias do site EXAME sobre Mundo no Twitter