Militantes atacam bairro em poder do governo na Síria

Os militantes iniciaram uma série de ataques em Alepo desde a semana passada, ocupando o Centro de Pesquisa Científica, que era usado como base militar

Beirute – Ativistas do Comitê de Coordenação Local e do Centro de Mídia de Alepo, cidade no norte da Síria, afirmaram que ocorrem intensos confrontos na cidade após militantes islâmicos da oposição atacarem um bairro em poder do governo, Zahra, ocupando diversos prédios.

Os militantes iniciaram uma série de ataques em Alepo desde a semana passada, ocupando o Centro de Pesquisa Científica, que era usado como base militar.

O Observatório de Direitos Humanos na Síria, baseado no Reino Unido, afirmou que o ataque em Zahra começou na segunda-feira de noite, com uma grande explosão que matou soldados e ativistas pró-governo.

De acordo com o Observatório, o ataque suicida foi de responsabilidade do Front Nusra, braço da Al-Qaeda na Síria.