Milhares de sírios chegam à fronteira turca fugindo do EI

Três mil refugiados sírios chegaram a fronteira com a Turquia fugindo dos combates entre o Estado Islâmico e os milicianos curdos

Ancara – Cerca de três mil refugiados sírios chegaram nesta quinta-feira na fronteira com a Turquia fugindo dos combates entre o grupo jihadista Estado Islâmico (EI) e os milicianos curdos da Síria, que se intensificaram nos últimos dias.

Os meios de comunicação turcos informam que o número de refugiados segue crescendo, a maioria deles mulheres e crianças procedentes das zonas curdas da Síria.

O Exército turco desdobrou blindados na fronteira, mas não deixou os sírios atravessar.

Ocorreram inclusive breves choques entre soldados e cidadãos turcos que tratavam de ajudar aos sírios a atravessar a fronteira, informa o jornal “Milliyet”.

Os soldados chegaram a usar gás lacrimogêneo e alguns manifestantes atiraram pedras nos uniformizados.

O jornal indica que as autoridades turcas pedem aos refugiados que se dirijam a Kobani, uma das localidades curdas mais importantes da Síria, e prometeram enviar ajuda humanitária.

As forças de EI tomaram nas últimas 24 horas o controle de 16 povos de maioria curda na periferia leste e oeste de Kobani.

Se os jihadistas tomarem esta cidade, terão o controle de uma longa faixa de território justo na fronteira entre Síria e Turquia.

Grupos de direitos humanos advertiram sobre um possível massacre de curdos sírios se os jihadistas seguirem ganhando terreno nessa zona da Síria.