Mil protestam contra acordo com EUA no Afeganistão

Durante prootesto, manifestantes gritavam "Morte aos Estados Unidos" e "Morte a Karzai", referindo-se ao atual presidente do país

Cabul – Mais de mil universitários bloquearam hoje uma importante rodovia no leste do Afeganistão, em protesto contra uma proposta de acordo para manter milhares de tropas norte-americanas no país após 2014, segundo uma testemunha.

Um fotógrafo da Associated Press que estava no local acompanhou quando os manifestantes na cidade de Jalalabad bloquearam uma via de acesso a Cabul.

Os manifestantes gritavam “Morte aos Estados Unidos!” e “Morte a Karzai”, referindo-se ao atual presidente, Hamid Karzai. Eles dizem que não aceitarão qualquer acordo com os EUA. Um conselho de anciãos respaldou um acordo do tipo, mas impôs condições para a proteção da soberania afegã.

O Taleban condenou neste domingo a reunião dos anciãos, alegando que eles eram fantoches do governo afegão e afirmando que o grupo vê as forças da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) e dos EUA como uma ocupação.

As informações são da Associated Press.