Mike Pompeo diz que EUA não vão retirar diplomatas da Venezuela

O anúncio de Pompeo ocorreu horas depois de os Estados Unidos reconhecerem o líder da oposição Juan Guaidó como presidente interino

Caracas – O secretário de Estados americano, Mike Pompeo, disse na noite desta quarta-feira, 23, que os Estados Unidos não vão retirar seus diplomatas da Venezuela, o que significa ignorar uma ordem emitida mais cedo pelo presidente do país, Nicolás Maduro.

O anúncio de Pompeo ocorreu horas depois de os Estados Unidos reconhecerem o líder da oposição Juan Guaidó como presidente interino da Venezuela. Foi essa decisão que levou Maduro a ordenar que os diplomatas americanos deixem o país em até 72 horas.

Guaidó, por sua vez, pediu para que os Estados Unidos e os demais países mantivessem suas representações diplomáticas em Caracas.

Pompeo disse ainda que os Estados Unidos não mais reconhecem Maduro como chefe do Executivo venezuelano, o que torna a ordem de retirada dos diplomatas inócua.