Mesmo fora de pacto, Reino Unido discutirá orçamento

O país rejeitou um novo tratado para reforçar a disciplina orçamentária da UE, mas participará das discussões

Londres – O Reino Unido, único país da União Europeia (UE) que rejeitou um novo tratado para reforçar a disciplina orçamentária, participará das conversações sobre o pacto orçamentário com o objetivo de salvar o euro, disse nesta sexta-feira um porta-voz do primeiro-ministro britânico, David Cameron.

“Os 27 países da UE terão que determinar como será aplicado o pacto orçamentário acordado por 26 países da UE na semana passada em Bruxelas”, disse o porta-voz.

“A delegação britânica assistirá a essas conversações para assegurar que os pontos de vista do Reino Unido estejam representados e nossos interesses nacionais comuns sejam mantidos”, afirmou.

Cameron recebeu nesta sexta-feira pedidos da chanceler alemã, Angela Merkel, e do líder da Polônia, Donald Tusk, para que a próxima a reunião da UE aconteça entre o final de janeiro e o início de fevereiro.