Mesmo após atentado, príncipe Harry estará em maratona

A Maratona de Londres garantiu que aumentará a segurança após as duas explosões que mataram três pessoas na Maratona de Boston

Londres – O príncipe Harry, neto da rainha Elizabeth II, acompanhará a Maratona de Londres neste domingo, mesmo com o aumento das medidas de segurança na prova após as duas explosões que mataram três pessoas e feriram mais de 140 no fim da Maratona de Boston.

Um porta-voz do Palácio de St. James confirmou nesta terça-feira do irmão do duque de Cambridge, que mantém fundação beneficente que patrocina a maratona londrina. No fim da prova de domingo Harry cumprimentará os vencedores das diferentes categorias disputadas.

O secretário de Estado de Esportes, Hugh Robertson, garantiu hoje à emissora britânica “BBC”, que tem “absoluta confiança” de que o evento nas ruas de Londres será realizado de forma segura.

Segundo Robertson, Londres conta com “os melhores profissionais em segurança no mundo”.

A maratona londrina realizada pela primeira vez em 1981, tendo contado em 2012 com mais de 37 mil participantes. E para o secretário de Estado de Esportes “melhor modo de mostrar solidariedade com Boston é seguir em frente”.

Logo após a divulgação das primeiras informações sobre a explosão em Boston, a polícia britânica anunciou que faria a revisão das medidas se segurança que cercam a prova londrina.