Merkel diz que UE deu 1º passo, mas está longe da solução

O presidente do Conselho Europeu anunciou que UE vai ampliar a ajuda aos países vizinhos da Síria e mobilizar 1 bilhão de euros para as organizações

A chanceler alemã, Angela Merkel, disse hoje (24) que a União Europeia (UE) deu o primeiro passo, com o acordo sobre a distribuição de 120 mil refugiados, mas ainda está muito longe de uma solução global que passa por cotas duráveis.

“Demos o primeiro passo, mas estamos ainda muito longe do que precisamos alcançar”, disse Angela Merkel na Câmara Baixa do Parlamento, um dia depois da reunião extraordinária da UE sobre o tema, defendendo um “processo duradouro na distribuição dos migrantes nos Estados-Membros”

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, anunciou, nessa quarta-feira (23), que os líderes da UE vão ampliar a ajuda aos países vizinhos da Síria e mobilizar 1 bilhão de euros para as organizações que ajudam os refugiados.

“Vamos mobilizar 1 bilhão de euros adicionais para ajudar os refugiados por meio do Programa Alimentar Mundial e do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados”, disse Tusk, em entrevista ontem, no fim da Cúpula Extraordinária de Chefes de Estado e de Governo.

“Vamos aumentar a ajuda ao Líbano, à Jordânia, Turquia e a outros países da região”, declarou.

O presidente do Conselho Europeu adiantou que os centros de registro de refugiados e migrantes funcionarão até o fim de novembro.