Merkel cita Plano Marshal e diz que Europa forte é bom para EUA

Em discurso feito nesta quarta-feira, a chanceler alemã reforçou que o comércio pode gerar uma situação com ganhadores de ambos os lados

Berlim – Uma economia europeia forte é bom para os Estados Unidos, disse a chanceler alemã, Angela Merkel, nesta quarta-feira, citando o Plano Marshal do pós-guerra, pelo qual os EUA investiram na Alemanha, para reforçar que o comércio pode gerar uma situação com ganhadores de ambos os lados.

“George C. Marshall… estava convencido de que um bom comércio e uma economia forte na Europa é bom para empresas norte-americanas também — e nós não podemos nos esquecer disso”, afirmou Merkel em discurso ao Fundo Alemão Marshal dos Estados Unidos.

“Protecionismo e isolacionismo impedem inovação e no longo prazo são desvantajosos para todo mundo, especialmente para aqueles que contam com o isolacionismo, mesmo que usem uma terminologia diferente para isso”, acrescentou Merkel.