Menina morre em ataque contra complexo de clínicas na Síria

A agência SANA acusou a Frente al Nusra, como antigamente se denominava a filial síria de Al Qaeda, de estar por trás do lançamento dos projéteis

Beirute – Pelo menos uma menina morreu e outros 14 civis ficaram feridos, a maioria crianças, após um ataque com foguetes contra um complexo de clínicas na cidade de Deraa, no sul da Síria, informou a agência de notícias oficial “SANA”.

A agência acusou a Frente al Nusra, como antigamente se denominava a filial síria de Al Qaeda, de estar por trás do lançamento dos projéteis.

Segundo esta fonte, os agressores abriram fogo desde o distrito de Deraa al Bali.

A maioria dos feridos são crianças que estavam saindo de escolas próximas ao complexo de clínicas quando aconteceu o ataque, destacou a “SANA”.

Unidades do exército responderam ao ataque dos foguetes atacando as áreas de onde foram lançados, onde destruíram lançadeiras de projéteis e posições fortificadas dos agressores.

A televisão síria mostrou imagens de vários dos feridos, entre eles meninos, enquanto eram tratados num hospital de Deraa, bem como da menor que morreu, envolvida em uma mortalha, e velada por seus familiares. EFE