Melania retorna à Casa Branca após passar quase 5 dias internada

Melania completou 48 anos no mês passado e foi hospitalizada na segunda-feira no centro médico militar Walter Reed

Washington – A primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump, voltou neste sábado à Casa Branca depois de passar quase cinco dias no hospital para se recuperar de uma operação para tratar um problema nos rins.

“Está descansando confortavelmente e com um bom estado de ânimo”, disse a porta-voz da primeira-dama, Stephanie Grisham.

“Recebemos milhares de ligações e e-mails desejando o melhor à primeira-dama e agrademos a todos aqueles que perderam um tempinho para ligar”, disse a porta-voz em nota.

Melania completou 48 anos no mês passado e foi hospitalizada na segunda-feira no centro médico militar Walter Reed, um hospital nos arredores de Washington normalmente usado pelos presidentes.

A primeira-dama passou por um procedimento conhecido como embolização para tratar de uma “doença renal benigna”, segundo a porta-voz. Toda a cirurgia foi considerada um sucesso pelos médicos.

O presidente do país, Donald Trump, afirmou que a esposa poderia deixar o hospital em dois ou três dias, mas a permanência no hospital demorou um pouco mais, o que levou a imprensa a especular sobre o estado de saúde da primeira-dama.

Normalmente os pacientes que se submetem à mesma operação costumam receber alta no mesmo dia da cirurgia, afirmaram especialistas. Por isso, a longa internação foi “atípica”.

O médico Mohammad Allaf, vice-decano de urologia na Escola de Medicina da Universidade John Hopkins, disse à “CNN” que o período “extra” no hospital pode ser só uma precaução da primeira-dama.

Trump permaneceu na Casa Branca enquanto a esposa era operada, mas a visitou pouco depois. O presidente também foi hospital nos dois dias seguintes à cirurgia. EFE