Médico que recebeu tratamento experimental de ebola tem alta

Médico norte-americano que contraiu Ebola de pacientes que tinham o vírus na Libéria recebeu alta de um hospital nos Estados Unidos após receber tratamento

Abidjan – Um médico norte-americano que contraiu Ebola de pacientes que tinham o vírus na Libéria recebeu alta de um hospital nos Estados Unidos após receber tratamento com um medicamento experimental, informou a instituição de caridade da qual ele faz parte.

Kent Brantly recebeu o medicamento ZMapp, usado em alguns poucos pacientes no surto de Ebola na África Ocidental, e foi levado de volta aos Estados Unidos este mês.

O médico recebeu alta do hospital da Universidade Emory, em Atlanta, de acordo com comunicado da instituição Samaritan’s Purse.