May diz que não haverá “fronteira dura” na Irlanda após Brexit

Segundo a primeira-ministra britânica, medida faz parte de um acordo alcançado sobre a primeira fase das negociações para a saída do país da União Europeia

Bruxelas – A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, afirmou nesta sexta-feira que não existirá uma “fronteira dura” entre a República da Irlanda e a província britânica da Irlanda do Norte com o acordo alcançado sobre a primeira fase das negociações para a saída do país da União Europeia (UE).

“Não haverá uma fronteira dura e manteremos o acordo de Belfast”, disse Theresa May, em entrevista coletiva ao lado do presidente da Comissão Europeia (CE), Jean-Claude Juncker.

Ela também afirmou que o acordo é “justo para o contribuinte britânico”, permitindo ao país no futuro “investir mais nas nossas prioridades nacionais”.