May acusa Corbyn de não estar em condições de negociar o Brexit

A premiê acusou o líder da oposição de estar disposto a aceitar qualquer acordo com a UE, "sem se importar com o preço" que isso possa significar ao país

Londres – A primeira-ministra britânica, a conservadora Theresa May, acusou nesta segunda-feira o líder da oposição trabalhista, Jeremy Corbyn, de não estar em condições de negociar o “Brexit”, a saída do Reino Unido da União Europeia (UE), e de estar disposto a chegar a qualquer acordo comercial com Bruxelas.

A líder conservadora retomou hoje a campanha para as eleições desta quinta-feira no Reino Unido após interrompê-la ontem pelos atentados de sábado em Londres, nos quais sete pessoas morreram e os três agressores foram mortos pela polícia.

Em um comparecimento no centro de Londres, May acusou Corbyn de estar disposto a aceitar qualquer acordo com a UE, “sem se importar com o preço” que isso possa significar para o país.

“Eu digo que nenhum acordo é melhor que um fraco acordo porque é para o interesse nacional do Reino Unido. Jeremy Corbyn parece pensar que qualquer acordo, sem se importar com o preço, é melhor que nenhum acordo. Isso não é liderança, é uma abdicação da liderança”, disse a dirigente do Partido Conservador.

“Os burocratas de Bruxelas pensariam que o Natal chegou antes se o Governo britânico (se for trabalhista) adotar uma atitude assim, e é exatamente o que Jeremy Corbyn está propondo”, acrescentou.

“É por isso – insistiu May – que ele não está em condições de negociar um bom acordo do Brexit ‘para o Reino Unido”.

A primeira-ministra britânica começou sua campanha eleitoral em Londres após presidir nesta manhã uma reunião do comitê de emergência Cobra, formado pelos principais membros do Governo e representantes policiais, para abordar as medidas de segurança após o ataque de sábado na London Brigde.

Além da capital britânica, May fará campanha em Yorkshire, norte da Inglaterra, e na Escócia, enquanto o líder do Partido Trabalhista, Jeremy Corbyn, primeiro da oposição britânica, estará no nordeste da Inglaterra, segundo informaram os partidos.