Materiais radioativos vazam em aeroporto de Nova Délhi

Incidente foi contido e não havia risco aos passageiros, afirmaram autoridades locais

Nova Délhi – Materiais radioativos vazaram de uma carga médica nesta sexta-feira no aeroporto internacional de Nova Délhi Indira Ghandi, de acordo com o governo indiano e autoridades do aeroporto, acrescentando que o incidente foi contido e não havia risco aos passageiros.

O vazamento foi encontrado no complexo de manejo de carga do aeroporto em um lote de iodeto de sódio 131 -líquido radioativo usado em medicina nuclear- que estava a bordo de um voo de passageiros da Turkish Airlines.

“Esta área é longe de qualquer terminal de passageiros e não há absolutamente nenhum risco de exposição para qualquer passageiro”, de acordo com nota da Delhi International Airport Ltd, operadora do aeroporto.

O iodeto de sódio 131 é usado para tratar hipertiroidismo e câncer na tireóide. É radioativo e deve ser manuseado com cuidado para minimizar exposição inadvertida a profissionais de saúde e pacientes.

O local foi isolado por uma equipe de emergência que incluía representantes da Força Nacional da Índia de Respostas a Desastres e reguladores atômicos.

“É um vazamento localizado”, disse o vice-presidente do Conselho Regulador de Energia Atômica, R.Bhattacharya, à Reuters por telefone. A Turkish Airlines não comentou imediatamente.