Marinha italiana salva mais de mil pessoas no Mediterrâneo

O resgate aconteceu desde primeira hora da manhã em sete operações que socorreram várias pessoas que estavam nadando no mar

Roma – A Marinha Militar italiana socorreu nesta terça-feira mais de mil pessoas que viajavam a bordo de várias embarcações provenientes do litoral da Líbia dentro da operação Mare Sicuro, que patrulha o Canal da Sicília.

O resgate aconteceu desde primeira hora da manhã em sete operações que socorreram várias pessoas que estavam nadando no mar em precárias condições e com problemas de flutuabilidade, informou a Marinha em comunicado.

Nas operações de salvamento intervieram as embarcações “Borsini”, “Neva Grecale” e “Margottini”, todas elas coordenada pela Marina Militar italiana.

A “Borsini” ajudou uma embarcação com cerca de 400 pessoas a bordo e a outra embarcação com 120 pessoas, enquanto a “Neva Grecale” ajudou 120 pessoas que viajavam em outra embarcação em uma operação que acaba de terminar.

Já a “Margottini” interveio cerca de 450 pessoas.

Segundo disse à Agência Efe um porta-voz da Marina Militar italiana, ainda se desconhece o local para onde os resgatados serão levados.