Manifestantes islamitas são presos em Paris

Prefeitura alegou que envolvidos no protesto não tinham solicitado pemissão para se manifestar

Paris – Cerca de 100 islamitas que organizavam uma manifestação próximo à embaixada americana em Paris, em pleno centro da cidade, foram presos neste sábado, informaram fontes oficiais.

Um porta-voz da Prefeitura assinalou que, de acordo com os primeiros dados disponíveis, alguns agentes que participaram desta operação ficaram levemente feridos.

Segundo a fonte, as prisões ocorreram em um amplo perímetro em torno da legação, que se encontra em um dos extremos da Praça da Concórdia, sendo que algumas foram feitas junto ao Palácio de Eliseu.

A Prefeitura alegou que os ‘islamitas’ envolvidos no protesto não tinham solicitado permissão para se manifestar e, portanto, careciam de uma autorização legal.

A manifestação em frente à embaixada dos EUA em Paris ocorre em um momento em que se multiplicaram as ações violentas contra as representações diplomáticas americanas em diferentes países, todas em reprovação ao vídeo que satiriza a imagem de Maomé e que, supostamente, teria sido produzido nos EUA.

A embaixada dos Estados Unidos em Paris está protegida de forma permanente por membros das forças de ordem da França.