Mandela está bem após ser internado, diz ministra

O ex-presidente sul-africano foi submetido a um exame de laparoscopia

Cidade do Cabo – O ícone sul-africano Nelson Mandela, de 93 anos, submeteu-se a uma investigação diagnóstica para um problema abdominal e está “bem” em seu segundo dia no hospital, neste domingo, afirmou a ministra da Defesa Lindiwe Sisulu.

“Ele fez um exame de laparoscopia”, procedimento em que a área abdominal é investigada por pequenas câmeras, inseridas através de pequenas incisões, disse a ministro em entrevista coletiva. “Ele está bem, está se recuperando da anestesia e está tão bem quanto se possa estar na sua idade. Ele está bem e bonito”, comentou ela.

Sisulu, cujo ministério é responsável pelo tratamento a ex-autoridades, não disse quando Mandela deve ser liberado do hospital. A África do Sul também mantém segredo sobre o hospital em que Mandela é tratado.

No sábado, o presidente sul-africano, Jacob Zuma, disse que Mandela não corria perigo e deveria ser liberado no domingo ou na segunda-feira, após ser hospitalizado com dores abdominais.

“Nunca houve nada errado com ele”, disse neste domingo a ministra. Os rumores de que Mandela havia passado por uma cirurgia de hérnia foram negados por ela.

Uma das figuras mais importantes na luta contra o Apartheid sul-africano, Mandela foi presidente do país entre 1994 e 1999 e já foi agraciado com o prêmio Nobel da Paz. As informações são da Dow Jones.