Malta nega ajuda a barco com possível portador do ebola

Malta negou autorização de entrada em suas águas de um barco que transportava um passageiro suspeito de ser portador do vírus ebola

Valetta – Malta negou autorização de entrada em suas águas de um barco que transportava um passageiro suspeito de ser portador do vírus ebola, informou nesta quinta-feira o primeiro-ministro Joseph Muscat.

O premiê maltês disse que foi “moral e legalmente correto” impedir que o barco entrasse em águas territoriais de seu país, apesar de um pedido de ajuda para um passageiro filipino doente e aparentemente portador do vírus ebola.