Mais 1,7 mil imigrantes são barrados no Eurotúnel

Cerca de mil pessoas foram impedidas de entrar na área de acesso ao túnel pelas forças de segurança e outros 700 foram interceptados

Cerca de 1,7 mil imigrantes foram impedidos de chegar ao túnel do canal da Mancha, entre a noite de domingo (2) e hoje (3), perto de Calais, no Norte da França. Um policial foi ferido por uma pedra, durante a operação.

Entre estas tentativas, cerca de mil pessoas foram impedidas de entrar na área de acesso ao túnel pelas forças de segurança e outros 700 foram interceptados já no interior desta mesma área, segundo uma fonte policial.

Um membro da polícia ficou ferido “no rosto e na cabeça” por uma pedra que estava na área dos carros e foi transportado para o hospital. O imigrante que arremessou a pedra, um sudanês, foi detido no local.

O Eurotúnel, que liga a França ao Reino Unido, vem sofrendo, nas últimas semanas, tentativas de invasão em massa de imigrantes que querem passar para o lado britânico.

O número de tentativas tinha diminuído durante o fim de semana para cerca de 400, devido à menor circulação de caminhões. A situação é dramática e dez imigrantes já morreram nestas tentativas desde junho.

Para reforçar a segurança, o ministro do Interior francês, Bernard Cazaneuve, anunciou na quarta-feira um reforço de 120 polícias, em apoio aos 300 que já fazem a segurança no local.