Maioria dos colombianos acredita em acordo com as Farc

A maioria dos colombianos acredita que o governo e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia assinarão acordo de paz, de acordo com pesquisas

Bogotá – A maioria dos colombianos acredita que o governo e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) assinarão um acordo de paz, segundo duas enquetes divulgadas nesta sexta-feira pelas empresas Gallup e Datexto.

Na primeira, 55% dos consultados afirma crer que será assinado um acordo que ponha um fim no conflito armado, dez pontos mais que em maio, enquanto os que não acreditam nesta hipótese caíram 11 pontos, até 41%.

O apoio às negociações também aumentou segundo esta pesquisa, que indica que 72% dos indagados as defende, oito pontos mais que em maio, enquanto apenas 26% as rejeita, nove pontos menos.

A pesquisa também indica que, pela primeira vez em muito tempo, a imagem favorável do presidente Juan Manuel Santos (48%) é superior à desfavorável (43%), enquanto 53% apoia sua gestão e 42% a desaprova.

Por outro lado, a imagem desfavorável do ex-presidente Álvaro Uribe (49%) é também pela primeira vez superior à positiva (45%), enquanto o ex-candidato presidencial uribista Óscar Iván Zuluaga tem um empate em 44%.

Já a pesquisa da Datexto para o jornal “El Tiempo” e a rádio “La W”, questionando sobre a confiança em alcançar um acordo de paz, deu como resultado que 52% dos colombianos acredita nisso (30% em março), enquanto os pessimistas representam 37%, 25 pontos menos que há três meses.

A confiança dos colombianos no país também aumentou segundo a Datexto já que 58% considera que o país vai pelo bom caminho, enquanto apenas 34% opina o contrário, uma tendência oposta à da pesquisa anterior (34% contra 59%).

O Gallup realizou 1.200 entrevistas entre 20 e 30 de junho e tem uma margem de erro de 3%, enquanto a Datexto fez 700 enquetes entre os dias 24 e 27 do mês passado com uma margem de erro de 3,7%.