Magnata mexicano Carlos Slim doará US$ 8 milhões para combate à Aids

Segundo comunicado da América Móvil, o bilionário vai fazer a doação ao Fundo Global de Combate à Aids pelos próximos quatro anos

México – O empresário mexicano Carlos Slim, considerado o homem mais rico do mundo pela revista Forbes, prometeu doar US$ 8 milhões nos próximos quatro anos ao Fundo Global de Combate à Aids (RED), informa nesta quinta-feira um comunicado da companhia telefônica América Móvil (AMX).

A AMX, propriedade do magnata, e a Fundação Carlos Slim anunciaram sua adesão ao Fundo Mundial, que agrupa numerosas organizações no mundo para promover ações contra a Aids.

A nota informa que, junto às suas subsidiárias Claro, Telcel e Comcel, o grupo buscará mobilizar seus 300 milhões de clientes a se somarem à campanha.

Como parte desta aliança com a RED, a América Móvil se comprometeu a fornecer US$ 1 milhão por ano até 2015 – além de “outros US$ 4 milhões à causa” por parte da Fundação – para ajudar a financiar as campanhas de comercialização e conscientização destinadas a erradicar a transmissão do vírus HIV de mãe para filho.

Slim anunciou nesta quinta-feira sua aliança com o Fundo Global no evento “The Beginning of the End of Aids”, que contou com a participação do presidente americano, Barack Obama, dos ex-presidentes George W. Bush e Bill Clinton, e dos cantores Bono Vox e Alicia Keys.

Vocalista da banda U2 e um dos principais promotores desta iniciativa, Bono disse que Slim “tem a participação de milhões de pessoas em suas diversas redes” e, assim, “chegaremos à meta tendo comunicação com todos eles”.