Maduro desafia oposição a concorrer nas eleições regionais

"Abandonem o caminho da violência, voltem à política, aceitem o desafio e vamos concorrer aos governos para ver quem pode mais", disse o presidente

Caracas – O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, desafiou a oposição, agrupada na plataforma Mesa da Unidade Democrática (MUD), a concorrer nas eleições regionais previstas para o final deste ano, ao mesmo tempo que condicionou esta oferta a um novo processo de diálogo político.

“Eu faço um desafio à MUD: abandonem o caminho da violência, voltem à política, aceitem o desafio e vamos concorrer aos governos para ver quem pode mais”, disse o presidente em discurso para os simpatizantes após serem anunciados os resultados da eleição da Assembleia Nacional Constituinte realizada neste domingo.

“Isso sim, depende de se sentarem à mesa, se não se sentarem na mesa da Comissão da Verdade e da Justiça outro galo cantará”, acrescentou Maduro.

A Comissão da Verdade e da Justiça será instalada depois que iniciar a Assembleia Nacional Constituinte, que Maduro estima se fará “nas próximas horas”, e o presidente propôs como “chefe” desta entidade a ex-chanceler Delcy Rodríguez, quem ganhou uma cadeira nas eleições deste domingo.