Maduro cria 5 navios insígnia bancários na Venezuela

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou criação de cinco "navios insígnia" no setor público bancário do país

Caracas – O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta terça-feira a criação de cinco “navios insígnia” no setor público bancário do país dentro da chamada “revolução econômica” que está levando adiante.

“Vamos fazer uma revolução no campo da economia venezuelana que deve começar nos bancos e sistemas financeiros do Estado”, afirmou o chefe do Executivo durante seu programa de rádio semanal.

Maduro informou que esta decisão se engloba no projeto para “simplificar” o sistema bancário, para que, ao invés de ter “20, 30, 40 bancos e sistemas financeiros”, deixá-los em “cinco navios insígnia”.

O presidente ressaltou que estes cinco bancos se encarregarão do desenvolvimento econômico, agroalimentar, infraestruturas, economia pública e desenvolvimento comunal.

Neste último, que, segundo Maduro, se chamará Banco de Desenvolvimento Comunal da Venezuela, vão se “fundir todos os fundos e bancos de desenvolvimento” que hoje existem no país.

“Um poderoso navio insígnia de financiamento do desenvolvimento econômico e social, um grande banco que vai ter sedes em todos os estados”, comentou o presidente.

Maduro indicou ainda que “este novo filho” estará a cargo da vice-presidência do socialismo territorial, que é dirigida pelo ex-chanceler Elías Jaua.