Macron e Trudeau afirmam apoio a “multilateralismo forte” antes do G7

O primeiro-ministro do Canadá e o presidente da França destacaram sua vontade de enfrentar os desafios mundiais dois dias antes da cúpula do G7

O presidente francês, Emmanuel Macron, e o primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, afirmaram nesta quarta-feira seu apoio a um “multilateralismo forte”, dois dias antes da cúpula do G7, considerada “difícil” pelas posturas dos Estados Unidos.

Os dois dirigentes destacaram sua vontade “de apoiar um multilateralismo forte, responsável, transparente para enfrentar os desafios mundiais”, em uma declaração conjunta enviada à AFP.

Em relação à guerra comercial que opõe os Estados Unidos e seus aliados, Trudeau espera que as negociações com Washington sejam “difíceis” durante o G7.

“Em um contexto geopolítico complexo, marcado por desafios cruciais para o futuro do planeta e da ordem internacional, França e Canadá estão decididos a trabalhar juntos para dar respostas”, afirmaram ambos os líderes.

Em uma época de questionamentos à ordem liberal internacional, “França e Canadá concordam para promover e defender a democracia nos planos multilateral e nacional”, afirmaram.

Os dois países anunciaram a celebração de um Fórum da Paz em novembro deste ano.