Macron anuncia 80 milhões de euros em ajuda de urgência após inundações

As fortes chuvas atingiram uma ampla área em torno da cidade de Carcasona na madrugada do dia 15 de outubro e deixou 14 mortos e mais de 70 feridos

Paris – O presidente da França, Emmanuel Macron, anunciou nesta segunda-feira uma ajuda de urgência de “pelo menos 80 milhões de euros” nos próximos dias para os municípios e os moradores afetados pelas inundações de uma semana atrás no sul do país.

Macron, que se deslocou ao departamento de Aude para falar com os afetados, garantiu que as câmaras municipais receberão 100% das despesas que tiveram que antecipar para alojar os habitantes obrigados a deixar suas casas, durante discurso em um ginásio de Trèbes, a cidade mais atingida.

O presidente francês afirmou ainda que a lista dos 126 municípios que o governo declarou na semana passada como zona catastrófica “não é definitiva” e que será ativado um “procedimento acelerado” para que outros possam solicitar sua inclusão.

As fortes chuvas que atingiram uma ampla área em torno da cidade de Carcasona na noite de 14 para 15 de outubro deixaram 14 mortos e mais de 70 feridos.

Segundo o ministro de Economia francês, Bruno Le Maire, os danos materiais foram avaliados em 200 milhões de euros.

O chefe de Estado, por sua vez, ressaltou a “solidariedade excepcional” entre os moradores da região: “Vim dizer como a República está orgulhosa de vocês”, lembrando também que Trèbes tinha sido duplamente vítima, já que na última primavera foi alvo de um ataque protagonizado por um jihadista.

No último dia 23 de março, o terrorista Radouane Lakdim assassinou em Carcasona e em Trèbes quatro pessoas e feriu outras 15.