Macri visitará Catar e verá presidentes de China e Rússia

A visita ao Catar, cuja data não foi divulgada, dará continuidade à qual o emir realizou a Buenos Aires em julho do ano passado

Buenos Aires – O presidente da Argentina, Mauricio Macri, se reunirá em Doha com o emir do Catar, Tamim bin Hamad al Thani, antes de partir à China para a próxima cúpula do Grupo dos Vinte (G20), onde terá encontros bilaterais com os presidentes de China e Rússia e o primeiro-ministro da Índia, informaram á Agência Efe fontes oficiais.

A visita ao Catar, cuja data não foi divulgada, dará continuidade à qual o emir realizou a Buenos Aires em julho do ano passado para aumentar a cooperação e o comércio bilateral e fomentar o investimento para áreas essenciais como agroindústria, infraestrutura e energia.

Do Catar, Macri irá à China para participar da cúpula do G20, que será realizada na próxima semana na cidade de Hangzhou.

Lá, Macri terá reuniões bilaterais com o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, e com os chefes de Estado de China, Xi Jingping, e Rússia, Vladimir Putin, segundo disseram à Efe fontes da Presidência argentina.