Lula inaugura estação do gasoduto Urucu-Coari-Manaus

Manaus – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva inaugurou hoje uma estação reguladora de pressão de gás (ERP) do gasoduto Urucu-Coari-Manaus, no ponto final da estação, na capital do Amazonas. A obra, uma das mais caras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), teve início em 2006 e custou R$ 4,5 bilhões, mais de 300% além do estimado (R$ 1,3 bilhão) no início do projeto.

O gasoduto tem capacidade para transportar mais de cinco milhões de metros cúbicos por dia. Na fase inicial, irá produzir apenas 77 mil metros cúbicos por dia para uma refinaria da capital amazonense. Para usar toda sua capacidade, oito usinas que hoje consomem óleo diesel em Manaus terão que se adaptar ao uso do gás. Pelo contrato, essas usinas têm até o fim de 2010 para fazer a adaptação da matriz energética.

Quando o gasoduto estiver operando com sua capacidade total, a estimativa da Petrobras é de que a geração de energia elétrica local evite a emissão de cerca 1,2 milhão de toneladas de gás carbônico por ano. Junto com o presidente Lula estão os ministros da Casa Civil, Dilma Roussef, e dos Transportes, Alfredo Nascimento.