Londres convoca embaixador ucraniano pela violência em Kiev

Ministério de Relações Exteriores britânico convocou o embaixador ucraniano no Reino Unido pela horrível violência que atinge atualmente a Ucrânia

Londres – O Ministério de Relações Exteriores britânico convocou nesta quinta-feira o embaixador ucraniano no Reino Unido, Volodymyr Khandogiy, pela “horrível violência” que atinge atualmente a Ucrânia e que Londres considera “inaceitável”.

Em comunicado, o Foreign Office afirmou que após as denúncias dos graves e violentos incidentes ocorridos hoje em Kiev, o secretário de Estado britânico para a Europa, David Lidington, convocou o embaixador ucraniano à sede do ministério.

Durante o encontro, Lidington “expressou sua extrema preocupação diante dos novos atos de violência e mortes e deixou claro que as medidas contra os manifestantes pacíficos na Praça da Independência são inaceitáveis”.

A violência continuou hoje no centro da capital da Ucrânia horas depois do presidente, Viktor Yanukovich, e dos líderes opositores formalizarem uma trégua após os distúrbios de terça-feira, que causaram pelo menos 26 mortos.

Os ministros das Relações Exteriores da União Europeia (UE) discutirão hoje em reunião extraordinária em Bruxelas (Bélgica) a imposição de sanções às autoridades da Ucrânia.

Além disso, os ministros das Relações Exteriores da França, Alemanha e Polônia viajaram para Kiev para avaliar a situação local e promover o reatamento do diálogo entre as autoridades e a oposição, que há quase três meses se enfrentam nas ruas de Kiev.