Líder do Irã critica separação de filhos e pais imigrantes nos EUA

O líder do Irã, aiatolá Ali Khamenei, afirmou que os americanos separam as crianças de seus pais imigrantes com completa maldade

Beirute – O líder supremo do Irã, aiatolá Ali Khamenei, criticou o governo dos Estados Unidos por separar imigrantes de seus filhos na fronteira do país com o México, em comentários publicados em seu site oficial nesta quarta-feira.

“Ver as imagens do crime de separar milhares de crianças de suas mães nos Estados Unidos deixa qualquer pessoa indignada”, disse Khamenei, de acordo com seu site. “Mas, os norte-americanos separam as crianças de seus pais imigrantes com completa maldade”.

Khamenei frequentemente critica ações do governo norte-americano e tem aumentado as críticas desde que Donald Trump retirou os Estados Unidos de um acordo que reduza as sanções internacionais contra o Irã em troca de reduções em seu programa nuclear.

Os demais signatários do tratado de 2015 –Rússia, China, França, Alemanha e Reino Unido– disseram estar determinados a preservar o acordo.