Líder democrata dos EUA deixa hospital e volta para casa

Harry Reid foi hospitalizado após quebrar várias costelas e os ossos da face em função de uma queda

Washington – O líder dos democratas no Senado dos Estados Unidos, Harry Reid, deixou nesta sexta-feira o Centro Médico Universitário de Las Vegas, onde foi hospitalizado após quebrar várias costelas e os ossos da face em função de uma queda.

Reid voltou para sua casa na cidade de Henderson (Nevada), segundo informou seu porta-voz, Jorge Silva. O senador, de 75 anos, caiu de um equipamento de ginástica no qual se exercitava em sua casa.

Segundo o porta-voz, no fim de semana Reid irá para Washington para se “preparar” para terça-feira, quando os republicanos tomarão posse de ambas as câmaras legislativas pela primeira vez nos EUA desde 2006.

Como medida de precaução, o parlamentar permaneceu internado toda a noite e hoje passou o dia conversando com sua esposa, Landra, e com seus colegas, amigos e funcionários de seu gabinete para “se preparar para o novo Senado”.

“O Senador Reid agradece a todos aqueles que lhe enviaram seus melhores desejos e está pronto para retornar ao trabalho”, disse o porta-voz.

O senador de Nevada é um dos políticos mais importantes dos EUA e é líder da maioria no Senado desde 2007, mas na próxima terça-feira, quando o novo Congresso tomar posse, será substituído no cargo pelo até agora líder da minoria republicana, Mitch McConnell.