Líder da oposição síria visita Moscou para pressionar Assad

Oposição síria se reúne com o chanceler russo para tentar convencer Moscou a pressionar o regime de Damasco a aceitar a instauração de um governo de transição

Moscou – O líder da oposição síria se reúne nesta terça-feira com o chanceler russo para tentar convencer Moscou a pressionar o regime de Damasco, seu aliado, a aceitar a instauração de um governo de transição.

A reunião entre o líder da Coalizão Nacional de Oposição síria, Ahmad Jarba, e Serguei Lavrov acontece após 10 dias de negociações de paz infrutíferas em Genebra.

“Os principais temas de discussões com o líder da diplomacia russa serão o envio de ajuda humanitária às cidades sírias, a libertação dos detidos das prisões sírias e a formação de um governo de transição na Síria”, declarou o porta-voz da coalizão, Munzer Aqbib.

“Temos muitas perguntas para Moscou sobre esta questão”, completou.

A conferência Genebra II, organizada por iniciativa de Estados Unidos e Rússia, não decidiu por um cessar-fogo, não discutiu a criação de um governo transitório e também fracassou na tentativa de enviar ajuda alimentar às pessoas cercadas em Homs.

As conversações devem ser retomadas em 10 de fevereiro, mas Damasco não confirmou a participação nesta nova fase de negociações.