Líder da Catalunha diz que se sente “presidente de um país livre”

Declaração de Carles Puigdemont foi feita em entrevista ao jornal alemão Bild, que será publicada na íntegra na quinta-feira

Madri – O líder da Catalunha, Carles Puigdemont, disse que já se sente como o presidente de um país livre, depois que mais de dois milhões de catalães votaram a favor de deixar a Espanha em um referendo no último domingo, considerado ilegal por Madri e pela Justiça espanhola.

“Eu já me sinto como o presidente de um país livre, onde milhões de pessoas tomaram uma importante decisão”, disse Puigdemont em entrevista ao jornal alemão Bild, que será publicada na íntegra na quinta-feira.