Líder da Câmara dos EUA diz que não haverá dinheiro para muro em orçamento

Em 15 de fevereiro acaba o prazo da trégua na paralisação do governo americano; Para Trump, republicanos que tentam acordo com democratas "perdem tempo"

A presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos, a democrata Nancy Pelosi (Califórnia), afirmou que não vai haver dinheiro para financiar o muro na fronteira na proposta para manter o governo aberto após 15 de fevereiro, quando chega ao fim o orçamento-tampão aprovado na última sexta-feira para pôr fim à paralisação do governo no país.

Um grupo bipartidário de negociadores do Senado americano se reuniu pela primeira vez ontem para buscar um acordo. A democrata da Califórnia disse que quer ver o projeto bipartidário dos envolvidos nas tratativas nesta sexta-feira. Mas afirmou que “não vai haver direito para nenhum muro na legislação”.

No Twitter, nesta quinta-feira, o presidente americano, Donald Trump, afirmou que os republicanos que tentam negociar um acordo com os democratas estão “perdendo seu tempo”.