Líbia convoca eleições parlamentares para 25 de junho

Presidente da Comissão Eleitoral fez o anúncio da convocação eleitoral e lembrou que a data limite para o registro dos eleitores conclui hoje

Trípoli- A Comissão Suprema Eleitoral da Líbia convocou nesta terça-feira eleições ao Congresso Nacional Geral (Parlamento) para o próximo dia 25 de junho, depois da explosão de uma profunda crise política e militar no país, informou a agência oficial líbia “WAL”.

O presidente da Comissão Eleitoral, Imad al Saih, fez o anúncio da convocação eleitoral, segundo a agência, que lembrou que a data limite para o registro dos eleitores conclui hoje.

O anúncio da Comissão Eleitoral coincide com uma reunião da Assembleia Legislativa na qual o primeiro-ministro, Ahmed Maitiq, solicitou uma semana de prazo para apresentar um governo de consenso.

O governo líbio em fim de mandato propôs ontem a realização de eleições antes de 15 de agosto, assim como um período de férias do Parlamento até as eleições, para tentar superar o bloqueio institucional no qual o país se encontra imerso.

Na sexta-feira passada, forças paramilitares dirigidas pelo general reformado Jalifa Hafter lançaram um ataque contra vários quartéis de milícias em Benghazi, antes de retirar-se para os arredores da cidade, a segunda maior do país.

Hafter, que foi acusado de golpista pelas autoridades, sustenta que não pretende dar um golpe de Estado, mas erradicar os grupos armados terroristas e radicais islâmicos, e batizou sua ofensiva como Operação Karama (Dignidade), à qual se uniram vários comandantes do exército e representantes de algumas localidades.

Dois dias depois da ofensiva de Hafter, duas milícias da cidade de Zintan, situada ao sudoeste de Trípoli, lançaram um ataque contra a sede do Parlamento, semeando a confusão no país.