Líbano se prepara para receber refugiados sírios

Líbano já prepara um centro temporário para receber os refugiados sírios diante de uma eventual intervenção militar no país vizinho, segundo governo

Beirute – O Líbano está preparando um centro temporário para receber os refugiados sírios diante de uma eventual intervenção militar no país vizinho, afirmou nesta quinta-feira o ministro de Assuntos Sociais, Wael Abu Faur.

Em entrevista à emissora “A Voz do Líbano”, Abu Faur disse que esse centro será “temporário” e será montado próximo da fronteira entre os dois países e também descartou a abertura de campos de refugiados.

O Líbano teme um aumento do fluxo de sírios no país no caso de uma intervenção militar dos EUA e de outros países aliados na Síria como uma resposta para o suposto ataque com armas químicas do regime contra a população civil.

Nos últimos dias, 13.684 sírios entraram no Líbano, enquanto outros 9.121 saíram nesse mesmo período, segundo fontes da Segurança Nacional libanesa.

Esse órgão informou à imprensa local que não estabeleceu novas medidas para a entrada de sírios, que devem obter um visto após apresentação de uma justificativa para entrar no país.

Em seu último relatório, o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (Acnur) assinalou que “foram adotadas novas regras para a verificação de identidades e registros na alfândega libanesa, o que dificulta a entrada de refugiados sírios”.

A Acnur disse que pelo menos 703 mil sírios se refugiaram no Líbano desde que começou a crise em seu país, em março de 2011, mas as autoridades estimam que sejam mais de 1 milhão de pessoas.