Legisladores dizem a Trump que “sonhadores não são negociáveis”

Trump deu até o início de março ao Congresso para que acorde uma lei que permita a residência legal no país aos "sonhadores"

Washington – Os legisladores hispânicos do Congresso dos EUA insistiram nesta quarta-feira, em uma reunião com John Kelly, chefe de gabinete do presidente Donald Trump, que “o futuro dos sonhadores não é negociável”, como são chamados os jovens sem documentos que chegaram a este país ainda crianças.

“Insistimos que os 800 mil sonhadores não são negociáveis. Fomos claros, dê a nós os sonhadores e lhe daremos mais segurança fronteiriça”, disse o congressista Luis Gutiérrez em declarações aos jornalistas ao término do encontro no Capitólio.

Gutiérrez disse que o encontro com Kelly foi “positivo e sociável”, mas considerou “infeliz” o fato de o chefe de gabinete do presidente não contribua para uma proposta concreta.

“Os sonhadores não podem ser reféns desta Administração”, acrescentou, ao comentar a nova contagem regressiva para a data limite desta sexta-feira, 19 de janeiro, na qual o Governo Federal será obrigado a um fechamento parcial a menos que os legisladores alcancem um acordo.

Além disso, o legislador Henry Cuéllar destacou a mudança de tom da Casa Branca.

“No passado tinha sido muito combativo, nesta ocasião ele (Kelly) foi mais do tipo cooperativo, tentaremos encontrar uma solução”, apontou Cuéllar.

Trump exige que a aprovação de uma verba especial de fundos para construir o muro e reforçar a segurança fronteiriça com o México.

O governante deu até o início de março ao Congresso para que acorde uma lei que permita a residência legal no país aos “sonhadores”, como são conhecidos os beneficiários do plano de Ação Diferida para os Chegados na Infância (DACA).

Uma vez que chegue essa data, os “sonhadores” poderiam ser deportados, ainda que segundo indicou nesta terça-feira no Congresso a secretária de Segurança Nacional, Kirstjen Nielsen, não serão uma prioridade.

Recentemente, o Governo de Trump foi obrigado a retomar a renovação das solicitações do DACA por ordem judicial, e precisamente neste fim-de-semana, os Serviços de Cidadania e Imigração dos Estados Unidos (USCIS, em inglês), anunciaram a aceitação de solicitações para aqueles que já foram beneficiados anteriormente.