Legisladores de Washington aprovam casamento homossexual

A expectativa é que a nova lei seja promulgada nos próximos dias pela governadora, que se manifestou a seu favor

Los Angeles – A Câmara de Representantes do estado de Washington (oeste dos EUA) votou nesta quarta-feira uma lei que legaliza o casamento entre pessoas do mesmo sexo. A expectativa é que esta seja promulgada nos próximos dias pela governadora, que se manifestou a seu favor, informaram autoridades.

A governadora Christine Gregoire tem cinco dias para assinar a lei, o que pode transformar Washington no sétimo estado dos Estados Unidos a autorizar o casamento homossexual.

“A lei foi votada por 55 votos a favor e 43 contra”, afirmou à AFP um funcionário do escritório de informação da Câmara dos Representantes em Olympia, a capital do estado, no sudoeste de Seattle.

A governadora “tem cinco dias para assinar o texto, depois de tê-lo recebido”, completou o funcionário, que não quis ser identificado. “Podemos calcular que receberá o texto em alguns dias”, afirmou.

Gregoire afirmou no mês passado que era a favor da lei e que a aprovaria se fosse aprovada pelos parlamentares. O Senado do estado já a adotou na semana passada.

A promulgação da lei tornará Washington no sétimo estado dos Estados Unidos a autorizar o casamento homossexual, depois de Connecticut, Iowa, Massachusetts, New Hampshire, Vermont e Nova York, aos quais se soma a capital federal, Washington.

O voto ocorre um dia depois de a corte federal de apelações de São Francisco derrubar a “Preposição 8”, que retirou dos homossexuais da Califórnia o direito de se casar, o que tinha sido possível brevemente em 2008.

No entanto, o caso californiano ainda está pendente de uma possível apelação diante da Suprema Corte.