Latinos estão tornando realidade sonho americano, diz Trump

Presidente pediu a essa comunidade que pressione a oposição democrata para conseguir uma solução para centenas de milhares de jovens imigrantes ilegais

Washington – O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quarta-feira que milhões de latinos estão “transformando em realidade” o sonho americano, e pediu a essa comunidade que pressione a oposição democrata para conseguir uma solução para centenas de milhares de jovens imigrantes ilegais conhecidos como “sonhadores”.

“Estamos sendo testemunhas de um renascer do sonho americano (…) e vocês, junto com milhões de latinos que trabalham duro, estão transformando esse sonho em realidade”, declarou Trump no primeiro discurso do seu mandato perante um grupo latino, em uma conferência da organização empresarial The Latino Coalition.

“Muita das pessoas nesta sala estão fazendo os Estados Unidos grandes de novo”, acrescentou Trump em referência a seu lema de campanha.

O presidente também reiterou que quer ajudar os jovens imigrantes ilegais, e falou aos empresários latinos presentes: “Este é o nosso momento. Consigam o DACA. Pressionem esses democratas”.

“Estamos tentando ter uma vitória para todo o mundo no tema do DACA, mas os democratas estão ausentes nisto. Estamos preparados, dispostos e capazes, mas eles não estão por lugar algum”, alegou Trump.

Em setembro, Trump anunciou o fim do Programa de Ação Diferida para os Chegados na Infância (DACA), impulsionado em 2012 pelo ex-presidente Barack Obama e que protegia da deportação milhares de jovens imigrantes ilegais que chegaram ao país quando crianças e conhecidos como “sonhadores”.

Trump deu ao Congresso como prazo até a segunda-feira passada para aprovar uma alternativa que desse uma solução permanente a esses jovens, mas também condicionou qualquer projeto de lei sobre o assunto à aprovação de fundos para o muro na fronteira com o México e a algumas reformas do sistema de migração legal inaceitáveis para os democratas.

O presidente americano garantiu hoje que as reformas que propôs são apoiadas “pela grande maioria dos eleitores latinos”, que preferem, segundo ele, um sistema migratório “baseado no talento e no mérito” dos solicitantes.

No discurso, Trump não mencionou o muro que quer construir na fronteira com o México, mas disse que segue “comprometido com a segurança na fronteira, em desmantelar os perigosos grupos criminosos e em deter o fluxo de drogas” que chegam ao país.

“Seguimos comprometidos com uma reforma migratória que proteja nosso país”, concluiu Trump.