Lança-mísseis de passageiro é confiscado em aeroporto nos EUA

O passageiro, morador de Jacksonville, no Texas, disse aos agentes que é "um militar da ativa"

Agentes de segurança americanos confiscaram nesta segunda-feira em um aeroporto de Washington um lança-mísseis encontrado na bagagem de um cidadão do Texas, que garantiu se tratar de um souvenir do Kuwait.

A arma foi encontrada nesta manhã no aeroporto internacional Baltimore/Washington, tuitou Lisa Farbstein, porta-voz da agência americana de segurança no transporte (TSA).

O “homem disse que trazia ela do Kuwait como um souvenir”. “Talvez devesse ter escolhido um chaveiro em vez disso!”, escreveu

O passageiro, morador de Jacksonville, no Texas, disse aos agentes que era “um militar da ativa”, informou a TSA em comunicado.

“Por sorte, o objeto não era funcional. Foi confiscado e entregue ao chefe estadual dos bombeiros para seu descarte seguro. O homem foi autorizado a subir a bordo de seu voo”, explicou a TSA.

O tuíte da porta-voz inclui imagens do que parece ser um lança-mísseis Griffin que, segundo seu fabricante, Raytheon, é “uma arma precisa” que produz “danos colaterais baixos”.

A TSA lembrou que é proibido levar “armas militares” a bordo de aviões, tanto na bagagem de mão, quanto na despachada.